domingo, 15 de novembro de 2015

Brejeira

Ei, você, tão brejeira,
Do olhar instigante e carinha maneira 
Por que me olha tão faceira?
Querendo brincar???
Minha mãe falou para voltar logo 
Se você quer brincar 
Tem que ser logo 
Para aproveitar o tempo 
Porque logo, logo ela me chama 
Para tomar banho ou jantar 
Não sei, mas eu quero brincar 
Do que será? Mãe da rua? 
Pula minha sela?
Ou jogar conversa fora?
Vamos brincar de explorador?
A gente anda em volta dos prédios 
Revirando jardim atrás de bicho 
Também vamos catar flor 
Antes que fique muito escuro 
Antes que a mãe chame
E acaba com a brincadeira 


Postar um comentário

Thirteen reasons why sem Spoiler